A juventude tem que estar a fim, tem que se unir, cantou a Negra Li naquela música com o Charlie Brown.

Mas, pelo jeito, a juventude não tá a fim de se unir pra tirar o título de eleitor, como informa esta reportagem da CNN Brasil. O voto opcional aos 16 e 17 anos tá tankando, guys.

Mas aí a Anitta apareceu com esta iniciativa:

E cada vez mais celebridades estão se juntando: Zeca Pagodinho, Juliette, Gil do Vigor, Craque Neto e até... Mark Ruffalo? Dá uma olhada:

Talvez os jovens achem uma ou outra das publicações acima meio cringe, mas eu não quero zicar o negócio, muitíssimo pelo contrário.

Quem quer zicar o negócio são alguns lelés da cuca da extrema direita, talvez porque a participação dos adolescentes tornaria a nossa democracia um pouco mais... democrática?

Na Jovem Pan, o Guilherme Fiúza (tem algum jeito pior de começar uma frase?) teve um chilique porque a conta do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) no Twitter curtiu um post da jornalista Miriam Leitão encorajando os jovens a tirar o título de eleitor.

Talvez prevendo a movimentação pelo voto jovem, a deputada federal bolsonarista Carla Zambelli havia publicado no Instagram, em 14 de fevereiro, um post estimulando o "voto veterano".

Mas não custa nada reforçar, jovens e veteranos: tirar o título de eleitor é rapidinho, dá pra fazer tudo pela internet, e o prazo final é 4 de maio.


Leia também...