Mesmo se você não for twitteiro (que o Senhor te abençoe e te guarde), já deve ter visto por aí reproduções de diálogos engraçados ou edificantes entre psicólogos e seus pacientes.

Só que os relatos não paravam de pipocar, e o Twitter começou a desconfiar que era tudo fanfic.

Logo ficou decidido: se todas as histórias parecem mentira, vamos logo chutar o balde.

Eu vou ter que consultar o Código de Ética Profissional do Psicólogo pra ver se pode isso.

Seu psicólogo segue a linha trocadilhista?

Quando a história for verdade mesmo, o twitteiro que se vire pra provar. Isso é muito Pedro e o Lobo, meu.

Ou então era tudo verdade o tempo todo, e o pessoal só tava no lugar errado, mesmo.


Leia também...