SIGA O NÚCLEO NO TELEGRAM:

Enquanto a galera fica implorando ao Twitter para adicionar o recurso de editar posts, o Mastodon chegou à versão 3.5 com essa e outras novidades:

  • Edição de posts. Todas as versões do post (que no Mastodon é chamado “toot”) ficam salvas para consulta e quem compartilhou o original é notificado das alterações, para desfazer o compartilhamento, se for o caso.
  • Nova aba de exploração, com recomendações de posts populares, notícias/links e hashtags em alta. Pela primeira vez, o Mastodon tenta priorizar o idioma do usuário na recomendação de conteúdos.
  • Um novo fluxo de denúncias para os usuários.
  • Todas as ações de um moderador em relação a um usuário passam a constar nas configurações e têm um sistema simples de apelação.
  • O painel de moderação foi reformulado. Ele destaca características e tendências de novos usuários, para facilitar a detecção de robôs e spammers, e agora permite ações em lotes.

A edição de posts ainda está desativada da interface web. Os desenvolvedores vão esperar que mais instâncias atualizem o sistema para a versão 3.5 antes de liberá-la. De qualquer forma, o trabalho pesado está pronto — é só questão de virar uma chave.

O Mastodon é um sistema descentralizado, o que significa que cabe a cada instância/servidor atualizar o sistema para se beneficiar das últimas novidades. Se você já usa a rede, cobre a atualização do(a) administrador(a) da sua instância.

Via Mastodon (em inglês).

Publicado em parceria com o Manual do Usuário

Apoie o Núcleo Núcleo Jornalismo para se juntar à conversa. Comentários: .


COMPARTILHE: Link copiado!

Leia também...