Twitter suspendeu Eduardo Bolsonaro por desinformação sobre vacina


O Twitter agiu nesta semana contra a conta do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) por propagar desinformação ligada às vacinas contra a COVID-19 em um tuíte publicado em 05.jan.2022.



O Twitter confirmou ao Núcleo que a conta do deputado ficou bloqueada durante 12h "por repetidas violações" à política de informações enganosas sobre a COVID-19. O tuíte também recebeu um rótulo de "enganoso" e não pode receber respostas nem likes. O usuário que desejar retuitar o post deve incluir um texto próprio junto e recebe um aviso sobre o que dizem autoridades de saúde com relação às vacinas.

Aviso que usuário recebe ao tentar retuitar publicação de Eduardo

De acordo com a régua de transgressões do Twitter, essa seria a segunda penalização sofrida pela conta do deputado estadual. Eduardo voltou a tuitar após o fim da suspensão, mas não fez qualquer menção à penalização.

Texto Laís Martins
Edição Alexandre Orrico

Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso de senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca