Em 1992, Neal Stephenson cunhou o termo “metaverso” em seu romance Snow Crash. Quase três décadas depois, a palavra virou a nova obsessão do Facebook, o que obrigou o escritor a se posicionar.

No Twitter, Neal escreveu:

“Uma vez que parece haver uma confusão crescente acerca disso: eu não tenho nada a ver com o que quer que o FB [Facebook] esteja fazendo relacionado ao Metaverso, além do fato óbvio de que eles estão usando um termo que eu cunhei em Snow Crash. Não houve qualquer comunicação entre mim e o FB e nenhuma relação comercial.”

O metaverso de Snow Crash é um ambiente viciante, violento, que libera os piores impulsos das pessoas, mas ao mesmo tempo é um entretenimento barato e a base da economia de um país devastado pela pobreza e violência, controlado por empresas. Tipo o filme "Ready Player One", de Steven Spilberg.

Não é à toa que o Facebook não procurou Neal para promover o seu metaverso.

Via @nealstephenson/Twitter (em inglês).

Publicado em parceria com o Manual do Usuário

Leia também...