SIGA O NÚCLEO NO TELEGRAM:

O empresário Elon Musk fez uma proposta de aquisição hostil da totalidade das ações do Twitter por US$ 54,20/ação, um negócio de US$ 43 bilhões.

O valor representa um prêmio de 54% sobre o preço das ações da empresa no dia 28 de janeiro, véspera da primeira compra de ações feita por ele.

Após o anúncio, as ações do Twitter sobem 11% no pré-mercado.

Em documento enviado à Securities and Exchange Commission (SEC, espécie de CVM dos Estados Unidos), Musk disse que o Twitter “não irá prosperar nem servir ao imperativo social [da liberdade de expressão] em sua forma atual. O Twitter precisa ser transformado como uma empresa privada”.

E deu um ultimato: “Se o negócio [aquisição] não funcionar, visto que não tenho confiança na diretoria nem acredito que consiga fazer as mudanças necessárias no mercado aberto, precisaria reconsiderar minha posição como acionista.”

“O Twitter tem um potencial extraordinário. Eu o liberarei”, finalizou Musk.

Via SEC, Bloomberg (ambos em inglês).

Publicado em parceria com o Manual do Usuário

Apoie o Núcleo Núcleo Jornalismo para se juntar à conversa. Comentários: .


COMPARTILHE: Link copiado!

Leia também...