O Monitor Nuclear é uma aplicação gratuita desenvolvida pelo Núcleo que identifica tendências e mostra análises de engajamento no Twitter de mais de 500 políticos brasileiros e possíveis pré-candidatos à eleição presidencial de 2022.

Atualmente, a ferramenta monitora publicações e interações de 654 perfis. São eles: presidente da República, vice-presidente, 507 deputados, 78 senadores, 28 governadores, 14 ministros e 25 atores da política -- como possíveis candidatos, ex-ministros e políticos influentes mesmo sem cargo eletivo.

ACESSE O MONITOR NUCLEAR

A lista de perfis monitorados pode variar de acordo com novos fatores políticos e eleitorais. Para a construção desse banco de dados, muitas das arrobas selecionadas foram obtidas por listas criadas pelo Senado, pela Câmara, pelo projeto 7c0 e de curadoria do próprio Núcleo. Qualquer pessoa pode sugerir um nome para integrar o Monitor Nuclear através deste formulário, explicando o motivo.

POR QUE É RELEVANTE?

Com pouco mais de 16 milhões de usuários, o Twitter está longe de representar o eleitorado brasileiro, mas, nos últimos anos, a rede social passou a funcionar como um termômetro do debate político no Brasil.

O acompanhamento desses dados, com livre acesso, é relevante para entender a temperatura do debate e a mobilização de bases de apoio ou de oposição em relação a certo ator político ou assunto.

A rede social é recorrentemente um meio utilizado por autoridades para se comunicar diretamente com suas bases, o que a tornou uma ferramenta de tomada de decisões, além de pautar a imprensa e boa parte do debate público.

SOBRE

O Monitor Nuclear é aberto e gratuito, e pode ser utilizado a qualquer momento, de forma gratuita. A base do código é aberta e tem como referência a ferramenta Science Pulse, projeto de monitoramento de ciência do Volt Data Lab, a empresa por trás do Núcleo.

A ferramenta é uma evolução do antigo Monitor, criado pelo Núcleo em 2020 para comparar as tendências de engajamento de perfis de cerca de 50 políticos no Twitter e atualizado esporadicamente. Agora, a aplicação passa a monitorar e analisar também cada publicação, comparando a popularidade de tweets, identificando os perfis mais ativos e permitindo a busca por tweets publicados nos últimos 30 dias.

Os dados e gráficos produzidos pelo Monitor Nuclear podem ser amplamente utilizados e divulgados por quem tiver interesse. Pedimos apenas que citem a referência Monitor Nuclear, do Núcleo ou Monitor Nuclear, se possível com link para www.nucleo.jor.br/monitor.


Leia também...