Aconteceu. O Twitter aceitou a oferta de compra de US$ 44 bilhões do Elon Musk.

O que esperar do Twitter sob Elon Musk
Musk é claro em sua visão sobre recursos e funcionalidades, mas seus planos sobre liberdade de expressão nem tanto

Nos últimos anos, o bilionário sul-africano vinha virando seu boné pra trás, pendurando um skate nas costas e logando no Twitter pra, entre outras coisas, postar memes velhos, tirar sarro da idade avançada do Bernie Sanders e fazer uma criptomoeda chamada CumRocket (foguete de sêmen, em tradução livre) subir 350% em um dia.

"Gênios costumam ser rejeitados pela sociedade"
Bernie Sanders: "Devemos exigir que os extremamente ricos paguem o que é justo. Ponto final." Elon Musk: "Eu sempre esqueço que você está vivo"

Agora que você conhece um pouco melhor o tipo de conteúdo que o novo dono do Twitter costuma postar por lá, vamos responder a algumas dúvidas que você pode ter e apresentar algumas mudanças que a rede social pode implementar sob a nova gestão.

O Twitter vai finalmente ganhar um botão de editar?

É uma possibilidade. O Elon Musk fez uma enquete sobre isso, e o "sim" ganhou.

Vou poder pagar pra ser verificado?

Talvez. O Musk propôs que quem assinar o Twitter Blue, versão paga da plataforma, ganhe o selinho azul 60 dias depois de pagar os primeiros 12 meses de assinatura à vista. Mas é só uma ideia do doidinho, por enquanto.

O Twitter vai passar a aceitar Dogecoin?

O Elon Musk é um entusiasta dessa criptomoeda, digamos, humorística. Hoje, quando o anúncio oficial estava prestes a ser feito, a Dogecoin subiu 14%. O empresário levantou a possibilidade de que a assinatura do Twitter Blue possa ser paga com Dogecoin. Talvez a "moeda meme" possa também ser usada para dar "gorjeta" aos criadores de conteúdo do Twitter, o que já acontece hoje com o bitcoin.

O Donald Trump vai ser desbloqueado?

O Musk ainda não se manifestou sobre o assunto, mas pessoas do Partido Republicano se animaram com essa possibilidade quando surgiram os primeiros rumores da compra do Twitter pelo fundador da Tesla. E o comunicado do novo dono do Twitter começa falando sobre liberdade de expressão...

"Liberdade de expressão é o fundamento de uma democracia funcional, e o Twitter é a praça digital onde questões vitais para o futuro da humanidade são debatidas. [Nota do tradutor: KKKKKKKK] Também quero deixar o Twitter melhor do que nunca aprimorando o produto com novas funções, abrindo o código dos algoritmos para aumentar a confiabilidade, derrotando os robôs de spam, e autenticando todos os humanos. O Twitter tem um potencial tremendo - estou ansioso para trabalhar com a empresa e a comunidade de usuários para bloqueá-lo."

Não gostei, pra onde eu posso migrar?

Pro Facebook? Brincadeira, risos. Tem o Mastodon, o Plurk... Mas ainda é muito cedo. Se houver um movimento migratório muito grande (não acho que vai), a gente deve descobrir rápido qual será a plataforma preferida dos refugiados.

O Twitter pode acabar se tornando um lugar tóxico?

Corremos esse risco.

Leia aqui nosso raio-x sobre a compra:

O que esperar do Twitter sob Elon Musk
Musk é claro em sua visão sobre recursos e funcionalidades, mas seus planos sobre liberdade de expressão nem tanto

Leia também...