O dia em que Campos do Jordão virou o epicentro cultural do Brasil

Receba de graça a newsletter Garimpo


Nós brasileiros ficamos surpresos neste fim de semana ao descobrir que o epicentro cultural do Brasil, segundo a revista americana Variety, é a cidade de Campos do Jordão (SP).

A não ser que o significado de "epicentro cultural" seja "lugar pra curtir um fonduezinho no fim de semana com o mozão"... Não, né.

"Isso é ofensivo à cultura, ao Brasil e aos epicentros", respondeu o Francisco Araujo.

Mas você chegou a ler a matéria? Talvez você se convença de que Campos do Jordão é o epicentro cultural do Brasil!

Bom, não. A reportagem fala sobre o FestCampos, "um evento dedicado a profissionais e amantes do audiovisual" que acabou de acontecer lá, nos auditórios Cláudio Santoro e do Parque Capivari. Juro, só isso, mesmo.

O festival parece ter sido legal, de verdade! Mas pra transformar Campos do Jordão no epicentro cultural do Brasil ainda falta fritar muita carninha no espeto e chuchar muito pãozinho no creme de queijo.

Auditório do Parque Capivari (Divulgação / Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo)
Auditório Cláudio Santoro (Divulgação / Governo do Estado de São Paulo)

A Variety parece ter reconhecido o erro e mudou o título da reportagem de "Campos do Jordao, the Cultural Epicenter of Brazil" ("Campos do Jordão, o epicentro Cultural do Brasil") pra "Campos do Jordao, a Cultural Epicenter in Brazil" ("Campos do Jordão, um epicentro cultural no Brasil").

Reprodução / Variety

Melhor assim.

Mas agora me deu vontade de comer um fonduezinho... Vou procurar aqui em casa o kit que eu comprei em 2008 e usei uma vez só.

Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso de senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca