ARQUIVADO EM

A cobertura brasileira do Facebook Papers

Tudo o que foi publicado por veículos nacionais que tiveram acesso aos documentos

Em 5.nov.2021 o Núcleo passou a fazer parte do Facebook Papers, consórcio internacional de veículos que possuem acesso aos documentos revelados pela whistleblower Frances Haugen, ex-gerente de produtos da equipe de integridade cívica da rede social.

Fazem ou fizeram parte do consórcio veículos como Wall Street Journal, New York Times, Washington Post, The Verge, Gizmodo, Protocol, entre outros. Fora dos EUA, há veículos como Le Monde (França), Süddeutsche Zeitung (Alemanha) e Rappler (Filipinas).

No Brasil, além do Núcleo, por enquanto já obtiveram acesso aos documentos a Folha de S.Paulo e o Estado de S.Paulo.

Abaixo, as principais reportagens originais que saíram sobre o assunto a partir da participação de veículos brasileiros no consórcio, em ordem decrescente de publicação.

No Facebook, poucos usuários concentram muito engajamento. E isso é um problema
#FacebookPapers mostram o que pesquisadores alertam plataforma há anos sobre tema
Queixas sobre queda de engajamento no Instagram disparam
Dados internos mostram alta de 39% das reclamações globais em abril de 2021; Brasil é o terceiro país cujos usuários mais reclamam
Estudo mostra dores do Instagram com concorrência do TikTok
Pesquisa admite o que todo mundo já sabia: o Reels tem muitas republicações de conteúdo original do TikTok e vídeos excruciantemente repetidos.
Facebook Papers: sistemas da empresa são ‘mal equipados’ para combater conteúdo nocivo viral - Link - Estadão
Arquivos vazados mostram que a rede social vive ‘correndo atrás do prejuízo’ em vez de ter uma estratégia capaz de combater rapidamente o mau uso da plataforma
Fiscalização de post de ódio não entende português, sugere ex-funcionária do Facebook
Frances Haugen critica falta de transparência sobre investimentos em países da América Latina
Facebook Sees Violence on Its Website but Doesn’t Prioritize Brazil
Documents obtained by Folha show concern with fake news and violence in the country
No Facebook, 3% dos brasileiros concentraram conteúdo político em 2018
Concentração de autoria de conteúdo em poucos autores gerou preocupação internamente e levou a plano de ação
Perdido com os Facebook Papers? Entenda as denúncias contra a rede social
Desde o fim de outubro, o mundo tem visto uma avalanche de reportagens, veiculadas por um consórcio de 17 j
#FacebookPapers: Conteúdos que beiravam violação de regras se tornaram ‘problema grande’ para FB
Conteúdos em zona cinzenta tinham prevalência 10 vezes maior que materiais que explicitamente violavam regras
Facebook Papers: conteúdo sobre política é a maior fonte de desinformação da rede social no Brasil - Link - Estadão
Documentos vazados da empresa mostram quais os maiores vetores de conteúdos enganosos relacionados a política e democracia, segundo a percepção dos usuários
#FacebookPapers: pequenos ajustes podem frear conteúdo tóxico
Recursos encorajam distribuição de conteúdo de baixa qualidade, mas documentos internos mostram que havia debate sobre solução
Facebook Papers: entenda os códigos usados internamente pela empresa - Link - Estadão
Documentos vazados foram compartilhados com consórcio de imprensa e revelam pesquisas internas da empresa
Facebook Papers: Brasil é considerado ‘país de risco’ - Link - Estadão
Estudo analisou como usuários são impactados por conteúdos com discursos de ódio
Facebook Papers: conteúdos tóxicos têm alcance maior no Brasil, mostram documentos da empresa - Link - Estadão
Empresa analisou 17 categorias de conteúdos e, em diferentes trechos do estudo, cita o Brasil como um país onde é grande o alcance de conteúdo de baixa qualidade
#FacebookPapers: no Brasil, percepção de violência é maior na rede
Núcleo teve acesso ao documento editado pela assessoria de Frances Haugen e fornecido ao Congresso dos EUA
Relatório do Facebook alerta para circulação de violência na plataforma no Brasil
Documentos mostram percepção de disseminação de discurso político incendiário, mas orientam equipe a focar EUA e Reino Unido
Brasil está entre prioridades do Facebook para combate a ameaças a eleições e saúde pública
Documentos a que a Folha teve acesso mostram que país é considerado como de maior risco do que Nigéria e Venezuela
#FacebookPapers: mudanças não pararam sangramento do FB no Brasil
Funcionários da empresa especularam que culpa pode ser do WhatsApp. Núcleo teve acesso a documentos editados pela assessoria de Frances Haugen e fornecido ao Congresso dos EUA
#FacebookPapers: Brasil entre países mais sensíveis a conteúdos violentos
Núcleo teve acesso ao documento editado pela assessoria de Frances Haugen e fornecido ao Congresso dos EUA

Jornalistas que quiserem acesso aos documentos, chega mais pra falar com a gente, envie um email para: sergio@voltdata.info (por favor inclua #FacebookPapers no assunto).