Reuters e UOL fazem parceria com Meta para checagem de fatos

Veículos se somam a Lupa, Aos Fatos, AFB e Estadão Verifica no programa de verificação

A agência de notícias Reuters e o UOL Confere passaram a fazer parte do programa de checagem de fatos da Meta (ex-Facebook) no Brasil, informou a empresa de redes sociais em comunicado nesta quinta-feira (30.jun).

SOBRE O PROGRAMA. Basicamente, a Meta paga uma boa grana para que agências de checagem e veículos parceiros façam a verificação de informações em suas plataformas (Facebook e Instagram), o que é algo bem justo já que essas agências ralam pra conter desinformação espalhada nessas redes.

Os veículos podem marcar posts no Facebook e no Instagram como falsos, alterados ou parcialmente falsos, o que acarreta punições para os criadores, como diminuição de alcance, rótulos de desinformação e alertas para usuários.

QUEM TAVA ANTES? O programa foi criado em 2016 e chegou ao Brasil em 2018, antes das eleições, tendo como parceiros Agência Lupa, Aos Fatos, France Presse e Estadão Verifica, que continuam no projeto.

CERTIFICAÇÃO. Para fazer parte dos veículos parceiros da Meta nesse caso é necessário certificação da International Fact-Checking Network (IFCN), do instituto norte-americano Poynter.

Texto Sérgio Spagnuolo
Edição Samira Menezes

Faça parte da conversa

Reações de apoiadores
carregando reações...

Apoie o Núcleo para publicar seu comentário, reagir à matéria e participar da conversa. Caso já seja apoiador ou apoiadora, faça login abaixo sem senha, usando apenas seu email.


Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca