Youtube remove dezenas de vídeos sobre fraude eleitoral


Ao longo dos últimos 10 dias, o Youtube removeu pelo menos 22 vídeos que promoviam desinformação e alegações de fraudes sobre a urna eletrônica e o sistema eleitoral em uma ação de moderação inédita pela plataforma.

A informação foi publicada pelo jornal O Globo nesta quinta-feira (09.jun.2022) e tem como base um monitoramento da Novelo Data.

Mudança nas políticas: É a primeira ação em massa que o Youtube faz desde que entrou em vigor sua nova política para desinformação eleitoral, em março deste ano.  

Um milhão em monetização: O Globo havia identificado em reportagem anterior que quase 2 mil vídeos circulavam na plataforma com inverdades sobre as eleições e somavam 58 milhões de visualizações. Esse conteúdo, segundo cálculo da Novelo e agência Bites, gerou monetização de até R$1 milhão para os canais que produziram o conteúdo.

45 vídeos em 3 meses: Em três meses, o Youtube já removeu 45 vídeos com alegações sobre fraude eleitoral, mas a maior parte das remoções ocorreu após 31.mai. Em 01.jun, foram 11 vídeos.

Texto Laís Martins
Edição Samira Menezes

Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso de senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca