O Instagram continua copiando o TikTok

A Meta anunciou uma série de novidades para os Reels, seu formato de vídeo copiado do TikTok. A maioria é para o Instagram, carro-chefe na ofensiva contra o aplicativo chinês, e alguns são para o Facebook.

O QUE HÁ DE NOVO? Entre as novidades anunciadas (veja todas neste anúncio da Meta), destacam-se:

  • Aumento da duração máxima dos vídeos, de 60 para 90 segundos;
  • Disponibilidade de figurinhas interativas (enquetes, sliders e outras) originais dos Stories para Reels;
  • Importação de áudio próprio para os Reels;
  • “Sound Sync”, sincronia automática de músicas com o ritmo de músicas.
  • Templates (ou modelos) que facilitam a criação de Reels mais elaborados.

Vários desses novos recursos também valem para o Facebook. Por lá, a novidade é a liberação dos Reels no mundo inteiro. Eles serão recomendados no feed, nos grupos e no Watch.

POR QUÊ? A Meta está sentindo o calor da competição com o TikTok, que continua sua ascensão como negócio e “trendsetter”, angariando a preferência de mais “criadores” pelo caminho.

As novidades tentam estimular mais pessoas e “criadores” a publicarem conteúdo original nos Reels, em vez de reaproveitar conteúdo do TikTok.

No anúncio, a Meta reforça:

“Como melhor prática geral, os criadores de conteúdo devem se concentrar no conteúdo original, pois ele é priorizado nos locais onde recomendamos vídeos do Reels.”

Via Meta.

Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso de senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca