SIGA O NÚCLEO NO TELEGRAM:

Com as eleições presidenciais de outubro batendo na porta,  o TikTok publicou na quarta-feira (23.mar) no LinkedIn que está contratando uma pessoa para o cargo de Public Policy Manager (gerente de Políticas Públicas) para o Brasil, uma vaga cujo trabalho inclui representar a empresa de vídeos curtos junto a autoridades de governo.

A vaga, cujo local de trabalho será Brasília, prestará assistência ao chefe de Políticas Públicas para Brasil. Entre outras atribuições, a publicação diz que a vaga irá "representar o TikTok para autoridades eleitas, agências de governo, ministros, bem como entidades da sociedade civil e líderes acadêmicos envolvidos em desenvolvimento de políticas em temas relevantes ao TikTok e pessoas que usam o serviço".

Em fevereiro deste ano, o TikTok firmou acordo com o Tribunal Superior Eleitoral para esforços de combate à desinformação nas eleições, que serão realizadas em outubro. No memorando de entendimento, a plataforma de vídeos da chinesa ByteDance se compromete a:

  • estabelecer um página informativa na plataforma sobre o processo eleitoral
  • apoiar a transmissão ao vivo de eventos realizados pelo TSE.
  • auxiliar na divulgação de conteúdos de serviços ao eleitor.
  • realizar treinamentos para equipes do TSE e TRE, além de capacitar outros atores relevantes
  • produzir cartilhas educativas sobre a plataforma
  • estabelecer canal de denúncia e análise exclusivo para o TSE
  • remover conteúdos maliciosos
  • apoiar instituições de checagem
  • elaborar relatório de transparência sobre medidas aplicadas durante período eleitoral
Texto Laís Martins
Edição Sérgio Spagnuolo

Apoie o Núcleo Núcleo Jornalismo para se juntar à conversa. Comentários: .


COMPARTILHE: Link copiado!

Leia também...