SIGA O NÚCLEO NO TELEGRAM:

A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu nesta segunda-feira (21.mar) quatro pessoas suspeitas de participar em um esquema voltado para jogos de azar e lavagem de dinheiro. Um dos suspeitos é Kleber Moraes, conhecido nas redes pelo nome @Klebim. No Instagram, ele tem 1,4 milhão de seguidores.

Segundo notícia do G1, desde o ano passado os suspeitos realizavam sorteios de carros em rifas e lavagem de dinheiro utilizando empresas de fachada e "testas de ferro". O grupo teria faturado R$20 milhões em dois anos.

Em abril do ano passado, reportagem do Núcleo já havia mostrado que as contas em português com mais interação na plataforma eram justamente perfis que realizavam esse tipo de sorteios.

Sorteios irregulares inundam Instagram com engajamento artificial
Quatro brasileiros dominam o ranking de interações da rede com promessas de presentear os seguidores com carros e motos

Segundo Thiago Sousa, advogado entrevistado pela reportagem, a prática contraria a legislação brasileira, que permite sorteios realizados apenas por pessoas jurídicas e com autorização prévia do governo e da Caixa Econômica Federal.

O intuito da proibição, segundo Sousa, seria o de coibir a disseminação de jogos de azar e, principalmente, de lavagem de dinheiro.

Texto Laís Martins
Edição Sérgio Spagnuolo

Apoie o Núcleo Núcleo Jornalismo para se juntar à conversa. Comentários: .


COMPARTILHE: Link copiado!

Leia também...