SIGA O NÚCLEO NO TELEGRAM:

Um grupo bipartidário de procuradores-gerais estaduais norte-americanos informou na segunda-feira (24.jan) ter ajuizado processos contra o Google em seus respectivos estados.

O motivo, desta vez, é o emprego de táticas enganosas (dark patterns) pela empresa para coletar dados de localização dos usuários. Mesmo quando esses usuários desativavam o compartilhamento de tais dados com o Google, a empresa continuava a capturá-los usando recursos/opções paralelas a fim de usá-los para direcionar anúncios.

Pelo Twitter, Karl A. Racine, procurador de Washington DC, disse que "desde 2014, o Google tem vigiado sistematicamente seus usuários não importa quais configurações eles façam".

Procuradores norte-americanos têm ido com tudo atrás do Google. Um processo no Texas alega práticas comerciais abusivas em serviços como Google Ads. O Google foi pra defensiva, criticando as alegações do processo como "mais calor do que luz, nós não acreditamos que elas cumpram o padrão legal para levar esse caso a julgamento."

Via Bloomberg (em inglês), O Globo.

Publicado em parceria com o Manual do Usuário

Apoie o Núcleo Núcleo Jornalismo para se juntar à conversa. Comentários: .


COMPARTILHE: Link copiado!

Leia também...