Confirmando os rumores, Mark Zuckerberg acabou de anunciar o novo nome da empresa Facebook: Meta. De “metaverso”, sacou? É, pois é, muuuuito criativo.

O novo nome reflete a aposta de Zuckerberg de que o futuro da humanidade será ainda mais digitalizado e, em vez de perdermos tempo em celulares, usaremos capacetes de realidade virtual. Parece distópico porque é. Boa sorte com isso.

No que importa, o Facebook informou que não mexeu em sua estrutura corporativa, mas que a partir do próximo trimestre divulgará seus resultados financeiros divididos em dois segmentos: Família de Aplicativos (Facebook rede social, Instagram, WhatsApp) e Reality Labs (Oculus, realidades aumentada e virtual).

Para saber mais: o site meta.com, o comunicado à imprensa, uma carta de Zuckerberg e o making of da nova marca (todos em inglês).

[Opinião do autor]: Fala sério: isso tem um ranço de empresa do mal de ficção científica de qualidade questionável, não? Tipo aquela do livro/filme O Círculo. Eu, hein…

Publicado em parceria com o Manual do Usuário

Leia também...